Transtorno bipolar X borderline: principais diferenças

por Guido Boabaid
09/05/2024

O transtorno bipolar e o transtorno de personalidade borderline podem, muitas vezes, serem confundidos, devido à semelhança entre alguns dos seus sintomas. 

Tanto o primeiro como o segundo geram reações como mudanças de humor, impulsividade e dificuldades nos relacionamentos interpessoais. 

Por isso, é muito importante entender quais as suas diferenças para que você compreenda melhor cada um desses transtornos.

Vamos lá?

O que é o transtorno bipolar?

O transtorno bipolar é uma condição mental caracterizada por mudanças extremas de humor e energia. Elas podem variar de grande elevação, conhecidas como mania ou hipomania, a períodos de depressão profunda, segundo o Manual MSD.

Embora afete cerca 140 milhões de pessoas no mundo todo segundo a OMS, suas causas ainda não são completamente compreendidas. Acredita-se que envolvem uma combinação de fatores ambientais e psicológicos. 

Além disso, algumas substâncias produzidas pelo corpo e ligadas às células nervosas – como os neurotransmissores noradrenalina ou serotonina — podem influenciar, principalmente quando estão desreguladas, como acontece em situações estressantes.

Quais são os 4 tipos de transtorno bipolar?

O transtorno pode se manifestar de diversas formas, sendo classificado pelo DSM-5 e o CID-10, como:

  • Tipo I: episódio maníaco completo, incluindo delírios, impaciência, alucinações e casos depressivos;
  • Tipo II: ocorrem casos depressivos graves, um episódio maníaco mais leve (hipomania), mas não houve um caso maníaco completo;
  • Ciclotímico: são quadros mais leves com oscilações crônicas do humor, que podem ocorrer até no mesmo dia;
  • Não especificado: pode ocorrer por causa de outras doenças ou induzido pelo uso de drogas.

Como é o comportamento de uma pessoa bipolar?

As pessoas com transtorno bipolar podem ter sintomas como alterações bruscas de humor, aumento de energia, impulsividade, falta de energia, tristeza profunda, entre outros, que podem variar dependendo da fase em que se encontram. 

Em episódios de mania ou hipomania, os principais sintomas são:

  • Humor mais expansivo, desproporcional ao contexto;
  • Irritabilidade;
  • Aumento expressivo de energia;
  • Pensamento acelerado;
  • Fala rápida;
  • Impulsividade;
  • Comportamentos de risco, como gastos financeiros, comportamento sexual impulsivo ou uso de drogas e álcool.

Por outro lado, nos episódios depressivos, os sintomas podem incluir:

  • Tristeza profunda;
  • Falta de energia;
  • Perda de interesse ou prazer em atividades;
  • Alterações no apetite ou peso;
  • Dificuldade de concentração;
  • Sentimentos de culpa ou inutilidade;
  • Pensamentos suicidas.

Vale lembrar que estes sintomas podem variar bastante entre cada pessoa e ao longo do tempo, e nem todas elas terão todos eles. 

Além disso, ter um diagnóstico e o tratamento adequado é são as principais ferramentas para gerenciar o transtorno e melhorar a qualidade de vida do paciente. 

O que é uma crise de borderline?

O transtorno de personalidade borderline (TPB) é um padrão de instabilidade e hipersensibilidade nos relacionamentos, afetando o pensamento e o comportamento do indivíduo. 

Durante uma crise, os sintomas típicos podem se tornar maiores e paralisantes, como, por exemplo:

  • Instabilidade emocional extrema;
  • Mudanças rápidas e intensas de humor;
  • Sentimentos intensos de vazio e impulsividade;
  • Dificuldades nos relacionamentos interpessoais;
  • Sensação de falta de identidade ou de si mesmo. 

Esses sintomas podem levar a comportamentos autodestrutivos como autolesão, tentativas de suicídio e abuso de substâncias.

Além disso, as crises geralmente ocorrem por eventos estressantes, como:

  • Conflitos interpessoais;
  • Mudanças na vida;
  • Sensação de rejeição ou abandono; entre outros. 

Por fim, seu tratamento é interdisciplinar, ou seja, inclui combinações como psicoterapia, medicamentos e outros suportes.

Como saber se sou bipolar ou borderline?

A principal diferença é que a pessoa bipolar muda muito rápido de humor com episódios de mania, hipomania e depressão que duram semanas. Já a pessoa borderline tem um emocional instável, com impulsividade, preocupações com abandono e dificuldades de relacionamento.

Enquanto no transtorno bipolar as mudanças de humor são relacionadas a episódios de mania e depressão, no transtorno de borderline essas mudanças podem ocorrer com maior frequência e intensidade ao longo do tempo.

Se você ou alguém que você conhece tem sintomas parecidos com estes, é importantíssimo buscar ou incentivar a busca de um profissional de saúde mental para uma avaliação, diagnóstico e recomendação do melhor tratamento.

Entenda o que são os transtornos do humor

Os transtornos do humor são condições psiquiátricas que afetam a saúde mental de uma pessoa, causando mudanças significativas no humor, energia para a vida e atividades do cotidiano. Eles podem incluir, por exemplo, o transtorno bipolar e a depressão.

Geralmente, eles são diagnosticados quando há:

  • Tristeza ou euforia excessivas;
  • Sintomas típicos de cada condição;
  • Comprometimento da capacidade física, social e profissional.

Um ponto interessante é que, quando ocorre somente a depressão, chamamos de transtorno unipolar. Os bipolares, contém a depressão junto com a mania ou hipomania, que vimos anteriormente.

Além desses, existem outros menos comuns, como o transtorno ciclotímico, caracterizado por oscilações de humor menos intensas, mas crônicas, ao longo do tempo.

Saiba mais em: Depressão: entendendo os sintomas.

Conheça outros tipos de transtorno de personalidade

Entre os transtornos mentais, existem os transtornos de personalidade, que afetam a forma de uma pessoa pensar, perceber, reagir e se relacionar, além de causar grande sofrimento. 

Os mais comuns são:

  • Borderline (TBP);
  • Paranoide;
  • Antissocial (TAP);
  • Obsessivo-Compulsivo (TOC);
  • Narcisista (TPN);
  • Esquizoide.

É importante destacar que eles podem ser difíceis de diagnosticar e tratar, pois muitas vezes estão enraizados em padrões de comportamento e pensamento profundos. 

Por isso, é fundamental não se autodiagnosticar, mas sim buscar ajuda profissional para obter um diagnóstico e desenvolver um plano de tratamento adequado. 

Para saber tudo sobre esse assunto, acesse: Transtornos de personalidade: definição, tipos e diagnóstico.

Perguntas Frequentes

Confira as respostas para as principais dúvidas sobre transtorno bipolar.

Como é o comportamento de uma pessoa bipolar?

As pessoas com transtorno bipolar podem ter sintomas como alterações bruscas de humor, aumento de energia, impulsividade, falta de energia, tristeza profunda, entre outros, que podem variar dependendo da fase em que se encontram. 

Quais são os 4 tipos de transtorno bipolar?

O transtorno pode se manifestar de diversas formas, sendo classificado pelo DSM-5 e o CID-10, como: tipo I, tipo II, ciclotimia e não especificado.

O que o transtorno bipolar pode causar?

O transtorno bipolar pode causar impactos na vida do indivíduo como dificuldades nos relacionamentos, na vida profissional e na saúde mental em geral.

Conclusão

Embora o transtorno bipolar e o transtorno de personalidade borderline compartilhem muitas semelhanças, existem diferenças que são detalhes importantes para um bom diagnóstico e tratamento. 

Nesse sentido, é indispensável buscar uma orientação profissional para entender, de fato, qualquer condição de saúde mental que ocorra e receber o apoio necessário para uma vida mais equilibrada. 

Por isso, não hesite em buscar ajuda. Você não está sozinho, conte sempre com a GnTech!

Leia também:

Postagens relacionadas

Deixe um Comentário