Depressão: mitos e verdades

por Guido Boabaid
17/10/2023 23/02/2024

A depressão é uma condição de saúde mental que afeta milhões de pessoas em todo o mundo. Apesar da sua prevalência, ainda persistem muitos mitos e equívocos em torno dessa doença.  

Neste blog, vamos explorar alguns dos mitos mais comuns e revelar as verdades fundamentais sobre a depressão. O conhecimento é a chave para combater o estigma e oferecer o apoio necessário às pessoas que sofrem dessa condição. 

Boa leitura! 

9 mitos e verdades sobre a depressão 

1. Falar sobre depressão só a piora – Mito

Falar sobre a doença é o primeiro passo para obter ajuda e apoio. O isolamento, bem como, o silêncio podem piorar os sintomas da doença. Assim, conversar com amigos, familiares ou um profissional de saúde mental pode ser incrivelmente benéfico. É importante lembrar que você não está sozinho e que muitas pessoas estão dispostas a ajudar. 

2.   Exercícios ajudam no tratamento – Verdade 

Pesquisas revelam que a prática regular de exercícios pode significativamente aliviar os sintomas da doença e pode ser igualmente eficaz que certos medicamentos para indivíduos que sofrem de depressão leve a moderada. Além disso, a realização de atividades físicas em grupo ou com um amigo próximo contribui para a socialização e atua como um estimulante positivo para o estado de ânimo. 

3. Medicamentos são a única opção de tratamento – Mito 

Embora medicamentos possam ser eficazes no tratamento da depressão, eles não são a única opção. A terapia, como a terapia cognitivo-comportamental, pode ser altamente eficaz no tratamento da condição a nível leve a moderada. Além disso, mudanças no estilo de vida, como exercícios regulares, alimentação saudável e sono adequado, também desempenham um papel importante no tratamento e na prevenção da doença. 

4. A depressão apresenta sintomas físicos – Verdade

A depressão não se restringe apenas ao âmbito mental. Os sintomas físicos frequentemente podem aparecer, sendo eles: 

  • Dores de cabeça ou no corpo; 
  • Dificuldades para dormir e sensação de fadiga; 
  • Desconforto nas costas e no pescoço; 
  • Sensações de dor muscular e nas articulações; 
  • Dor no peito; 
  • Agitação; 
  • Diminuição da libido; 
  • Problemas digestivos; 
  • Variações no apetite; 
  • Alterações de peso. 

5. Depressão é fraqueza – Mito 

A depressão não está relacionada à força de caráter. Assim como buscamos um médico em caso de dores ou sintomas físicos, o mesmo deve ser feito com a doença. 

Ela é uma doença que precisa de tratamento e que pode afetar qualquer pessoa, independente da personalidade ou idade.

6. A depressão afeta apenas adultos – Mito 

A depressão pode afetar pessoas de todas as idades, incluindo crianças e adolescentes. Sendo assim, a depressão infantil também é uma realidade. 

Inclusive, segundo dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), o número de casos de depressão em crianças entre 6 e 12 anos aumentou de 4,5 para 8% em uma década. 

7. É apenas uma questão de força de vontade e fé – Mito 

Sim, o apoio espiritual pode auxiliar muito no tratamento da depressão. No entanto, é uma doença que precisa de tratamento médico e apoio psicólogico. 

Respeite o espaço e a fé do outro e busque acolher quem sofre com essa condição. 

8. Mulheres estão mais propensas a terem depressão – Verdade

A Organização Mundial da Saúde (OMS) indica que a proporção de diagnósticos de transtorno depressivo é de duas mulheres para cada homem. Assim, essa discrepância está associada às significativas flutuações hormonais que as mulheres experimentam ao longo de suas vidas, incluindo os ciclos menstruais e a menopausa. 

9. A depressão não afeta pessoas de boa condição financeira – Mito 

Sim, o dinheiro é um fator que pode influenciar diretamente na saúde mental. No entanto, a depressão pode afetar qualquer pessoa, independente da classe social ou condição financeira. 

Conclusão 

Desmascarar mitos e divulgar as verdades sobre a depressão é essencial para promover a conscientização, bem como a empatia em relação a essa condição de saúde mental. Portanto, ao compreender melhor a doença e também atentar-se aos cuidados ligados à inteligência emocional, podemos criar uma sociedade mais solidária, que oferece apoio e tratamento adequados às pessoas que enfrentam esse desafio.  

Lembre-se de que a depressão é uma condição tratável, e a busca por ajuda é um passo corajoso em direção à recuperação. 

Conte com a GnTech 

Há 11 anos, a GnTech vem contribuindo com a medicina no Brasil, com o propósito de oferecer saúde e bem-estar, trabalhando para descobrir novas oportunidades de oferecer qualidade de vida e tornar a saúde cada vez mais precisa e personalizada para as pessoas. 

Entre em contato conosco e saiba mais. 

Postagens relacionadas

Deixe um Comentário